Curiosidades » Personagem

Veja curiosidades sobre Millvina Dean, a última sobrevivente do Titanic

Conheça a história da sobrevivente que estava a bordo do naufrágio com apenas 2 meses de idade

Vinicius Barbosa, supervisionado por Thiago Lincolins Publicado em 14/04/2021, às 15h44

Fotos da infância de Millvina
Fotos da infância de Millvina - Wikimedia Commons

Nascida em 2 de fevereiro de 1912, Elizabeth Gladys Millvina Dean era filha de Bertram Frank e Georgette Eva, e tinha um irmão dois anos mais velho chamado de Bertram Vere Dean. Originária do condado de Devon, no sudoeste da Inglaterra, Millvina chegou à família em um dos piores momentos: uma difícil crise financeira.

A fim de tentar a sorte nos Estados Unidos, seus pais planejaram abrir um comércio de tabaco em Wichita, no estado do Kansas. E foi assim que acabaram parando num dos naufrágios mais famosos da História.

1. Poderia ser evitado 

 Os Dean não deveriam estar a bordo do Titanic, mas acabaram embarcando por causa de uma oportunidade: iniciava-se uma greve dos trabalhadores de carvão do empreendimento White Star Line, fazendo com que fosse preciso repor funcionários para seguir com o cronograma da viagem.

Sabendo disso, seus pais se ofereceram para ir como passageiros da terceira classe e ainda contribuírem trabalhando no navio. Já na embarcação, seguiram viagem tranquilamente até o dia 14 de abril. 

Millvina Dean (esq.) em montagem com o Titanic (dir.) - Wikimedia Commons

 

2. O dia do acidente 

O pai sentiu a colisão com o iceberg primeiro —  foi até a cabine da família, retirando os filhos em direção ao convés e conseguindo colocar no bote n°10 Millvina e sua mãe.

Entretanto, seu irmão havia se perdido no caminho, fazendo Bertram Frank sair em busca do menino. O barco foi rapidamente retirado para dar lugar ao bote seguinte e então, com a bebê enrolada em uma sacola de lona, às seis horas da manhã do dia seguinte ambas foram resgatadas.

Seu irmão foi encontrado posteriormente, no navio-irmão Carpathia, sendo resgatado nos botes seguintes. Seu pai, porém, nunca mais foi encontrado vivo; sequer seu corpo, roupas e bens-materiais foram achados.  

3. Após a tragédia

Inicialmente, sua mãe iria cumprir a viagem aos Estados Unidos e realizar o sonho do marido de recomeçar a vida, porém, sem recursos financeiros, voltou para a Inglaterra através do RMS Adriatic, sendo sensação por ter sobrevivido ao naufrágio mais famoso da história.

Millvina, apesar de sentir apreço pelo carinho das pessoas, passou grande parte de sua vida sem comentar sobre o assunto. Somente quebrou o sigilo aos 70 anos de idade, em convenções de sobreviventes e entrevistas comentando o impacto do ocorrido na família.

Sua mãe morreu em 1975, aos 96 anos, e o irmão Bertram, em 1992, aos 81 anos de idade. Aos 97 anos, Millvina Dean faleceu de pneumonia na manhã de 31 de maio de 2009, o 98º aniversário do lançamento do Titanic, no ano de 1911 em um lar de idosos, em Ashurst, Hampshire.