Curiosidades » Personagem

Vídeo histórico mostra momentos após o linchamento de Mussolini

Após a execução, o corpo do ditador foi exposto e linchado por uma multidão de italianos

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 02/05/2021, às 08h00

Momentos após o episódio brutal
Momentos após o episódio brutal - Divulgação/Vídeo/Youtube

Benito Mussolini, líder fascista que comandou a Itália durante longas duas décadas, teve um fim violento há 76 anos.

O ano era 1945 e, desde 1943, o ditador estava como fugitivo no país, em razão do avanço das tropas aliadas. Ele chegou a ser capturado, mas, com a ajuda dos nazistas, conseguiu partir para o norte da Itália, onde tentou instaurar a Repúbica de Salò.

A tentativa de resistência não funcionou, uma vez que os Aliados ganhavam cada vez mais força no continente europeu. Além disso, Mussolini não contava mais com o apoio popular, nem mesmo dos exércitos que antes o serviam, em razão da derrota na guerra e dos inúmeros problemas sociais e econômicos que o país enfrentava. Era, portanto, o fim do fascismo na região.

Tentativa de fuga

Mas o ditador não quis aceitar seu destino e tentou, mais uma vez fugir, desta vez para fora dos domínios italianos. Para isso, ele, disfarçadamente partiu em um comboio de soldados alemães ao lado da amante, Clara Petacci, em direção à Suíça.

Mussolini em discurso - Crédito: Getty Images

 

Entretanto, a tentativa foi falha, pois quando estavam nas proximidades do vilarejo de Dongo, foram descobertos e presos pelos partigiani, como eram chamados os membros da resistência italiana, no dia 27 de abril de 1945.

Um ditador capturado e executado

"A 52ª Brigada Garibaldina me capturou hoje, sexta-feira, 27 de abril, na praça de Dongo. O tratamento durante e depois da captura foi correto. Mussolini", dizia um bilhete encontrado em maio de 2003 e que teria sido o último documento escrito pelo líder fascista.

No dia seguinte, após ser julgado na presença dos cidadãos italianos, Benito foi fuzilado em praça pública junto a Clara e também aos soldados nazistas que os acompanharam em direção à fronteira.

Exposição ao público

Na madrugada do dia 29, os corpos dos executados foram levados para a cidade de Milão com o objetivo de serem expostos ao público. Ficaram amontoados em um posto de gasolina localizado na praça de Loreto, onde a população local teria fácil acesso.

O que aconteceu a seguir foi que inúmeras pessoas se aproximaram do corpo de Mussolini e dos demais e despejaram toda sua insatisfação pelo caos instaurado durante os anos de seu governo. Naquele dia, podia-se ver pessoas chutando, pisoteando e cuspindo nos corpos com satisfação.

Depois de um tempo, penduraram os fascistas de cabeça para baixo em uma viga de metal, onde passaram por mais algumas horas de profanação.

Diferentes versões

Não há consenso, no entanto, quando se trata de quem foi o autor da execução do ditador.

A versão tida como oficial entre os italianos é a de que tenha sido Walter Audisio, conhecido pelo codinome Coronel Valerio. Segundo a Biblioteca Nacional, ele era um membro comunista do Comitê Nacional de Libertação do Norte da Itália, o CNLNI.

Contudo, alguns historiadores afirmam que um outro membro da resistência, Michele Moretti, teria realizado os disparos. Há ainda aqueles que acreditam que a execução, na verdade, tenha sido orquestrada pelo serviço secreto britânico junto aos membros da resistência.

Assista ao vídeo abaixo, que engloba o arquivo da AP.


++ Saiba mais sobre Mussolini e o Fascismo por meio de grandes obras disponíveis na Amazon: 

Fascismo, de Benito e Leon Mussolini e Trótski (2019) - https://amzn.to/2UuHjXp

Benito Mussolini - A Biografia, de Edições LeBooks (Ebook) - https://amzn.to/2xi0rAc

O Papa e Mussolini. A Conexão Secreta Entre Pio XI e a Ascensão do Fascismo na Europa, de David I. Kertzer (2017) - https://amzn.to/3besRto

Mussolini e a Itália fascista, de Martin Blinkhorn (2010) - https://amzn.to/2wzbQeG 

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/3b6Kk7du