Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Curiosidades / Entretenimento

Vilão de 'A Favorita' foi agredido por causa do personagem: 'Tive uma trombose'

Na época da produção, Jackson Antunes se tornou nacionalmente odiado pelo personagem Leonardo

Wallacy Ferrari Publicado em 17/05/2022, às 17h17

Jackson Antunes caracterizado na novela 'A Favorita' - Divulgação / TV Globo
Jackson Antunes caracterizado na novela 'A Favorita' - Divulgação / TV Globo

Em 2008, o público brasileiro não apenas impulsionava a novela ‘A Favorita’, transmitida pela TV Globo, como se mobilizava em descobrir os principais vilões da trama criada por João Emanuel Carneiro. Contudo, mais de uma década depois, a reprise da novela no bloco ‘Vale A Pena Ver De Novo’ retoma um debate sobre um dos personagens mais polêmicos.

De comportamento chucro, machista e agressivo, o personagem Leonardo foi interpretado por Jackson Antunes e era conhecido por agredir verbal e fisicamente a esposa Catarina, interpretada por Lilia Cabral, e a filha Mariana, feita por Clarice Falcão. Dada a violência psicológica que praticava, Léo foi rapidamente odiado pelos espectadores.

O ponto alto de sua tirania se deu durante um embate com Stela, personagem de Paula Burlamaqui, onde ele não apenas levou a mulher a força para um matagal, como tentou estuprá-la após agressões físicas, sendo impedido pela esposa enquanto tirava o cinto das calças. Tal comportamento foi suficiente para torna-lo o principal vilão da trama.

Para a vida real

Tamanha recepção negativa não apenas acarretou em ódio causado pelo personagem ficcional, mas reverberou no cotidiano do ator, como revelou em entrevista ao portal UOL em 2020. Contrastando com seu comportamento na vida real, um popular não identificado tentou descontar a raiva do vilão enquanto o ator caminhava na rua.

Caindo no chão com gravidade, o ataque abrupto soou inicialmente como uma brincadeira ao ator, posteriormente descobrindo que o choque causou lesões internas que, por parte da novela, impossibilitou sua locomoção: “Sou muito risonho, sou da roça, de bem com a vida. Dei uma gargalhada achando que se tratava de uma brincadeira”.

Ele me empurrou de tal forma que tive uma trombose na perna. Boa parte da novela eu fiz na cadeira de rodas, minha esposa me acompanhava, aplicando remédio na minha barriga”, completou Jackson.

Leonardo não é Jackson

Apesar da dureza e agressividade de Leonardo, Jackson ainda assegurou que não tem nada a ver com o perfil apresentado na trama, garantindo que o trabalho é puramente ficcional e não deveria ter sido levado para o lado pessoal do ator.

“Toda vez que terminava uma cena eu pedia desculpas para a Lilia. Era muito difícil. Mesmo na ficção, mesmo inventado, faz mal. Não tinha uma cena que dava um refresco, todas eram pesadas: aquele homem horrível humilhando a mulher. Psicologicamente ou fisicamente”, concluiu.

Relembre a chocante cena da tentativa de estupro.