Curiosidades » Personagem

Vítima de lunáticos: 5 curiosidades sobre Sharon Tate, que completaria, hoje, 78 anos

Muito mais que uma vítima de Manson, ela foi um ícone da moda dos anos 60 e estava caminhando para o sucesso em Hollywood

Isabela Barreiros, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 24/01/2021, às 08h00

A atriz Sharon Tate
A atriz Sharon Tate - Wikimedia Commons

Em 9 de agosto de 1969, Sharon Tate estava em sua residência em Los Angeles, Califórnia, quando foi surpreendida pelos seguidores de Charles Manson, Charles "Tex" Watson, Susan Atkins, Patricia Krenwinkel e Linda Kasabian. Grávida, ela foi esfaqueada 16 vezes e morreu nas mãos dos lunáticos.

Naquele dia, o cabeleireiro Jay Sebring, o roteirista Wojciech Frykowski, a milionária Abigail Folger e o vigia da casa Steven Parent também foram assassinados pelo grupo, consolidando um dos crimes mais horrendos já cometidos na história. Mais de 50 anos depois, relembramos a vida de Sharon Tate

Se estivesse viva, Sharon Tate completaria 78 anos neste domingo, 24. Pensando nisso, a Aventuras na História separou 5 curiosidades sobre ela. Confira!

1. Talento

Sharon Tate / Crédito: Divulgação

 

Ao longo da história, o crime perpetuado pela “Família” Manson em LA continua sendo objeto de estudo e inúmeras produções — um exemplo é o filme Era uma Vez em... Hollywood (Once Upon a Time... in Hollywood), lançado em 2019 e dirigido por Quentin Tarantino. Sharon Tate, no entanto, foi muito mais que uma mulher assassinada.

Ela acaba sendo lembrada apenas como uma das vítimas de Manson do que como uma figura importante no cinema e moda dos anos 1960, por exemplo. A própria irmã da atriz,  Debra Tate, falou sobre isso na introdução do livro Sharon Tate: Recollection: “Sempre senti que era muito injusto que a sua vida fosse sobretudo lembrada pelos seus momentos finais. A Sharon teve uma vida incrível.”


2. Ícone

Mais de 50 anos após seu assassinato, Tate ainda possui um enorme impacto na indústria da moda. Seu legado está nas diversas tendências estabelecidas por ela que duram até os dias de hoje: a simples t-shirt com jeans ainda é um dos looks mais usados tanto por fashionistas quanto pelas pessoas mais comuns.

A atriz, que também era modelo, se tornou referência de moda e beleza, com um estilo que gerou mudanças significativas em designers e desfiles de moda. Os minivestidos, as minissaias, tons de verde-limão, azul, animal print — tudo isso estava presente no armário de Sharon já na década de 60.


3. Estrelato

Sharon no filme Olho do diabo / Crédito: Wikimedia Commons

 

Tate iniciou sua carreira como modelo muito jovem, chamando atenção com seu rosto elegante e bonito. Mas o que ela queria mesmo era ser atriz, e logo começou com trabalhos pequenos e modestos, primeiro em séries de TV e depois no cinema de fato. Seu primeiro papel nas telonas foi no filme Barrabás, lançado em 1961.

Ela participou de algumas produções como Não Faça Ondas e A Dança dos Vampiros, ambos de 1967, mas foi com o Vale de Bonecas, também daquele ano, que a artista começou a subir no patamar de atriz. Pelo filme, ela foi nomeada para um Globo de Ouro, e estava caminhando para o estrelato.


4. Peculiaridades 

Sempre é curioso saber as peculiaridades de uma artista tão conhecida e importante. Como contou Debra Tate, irmã da atriz, em uma biografia sobre Sharon, ela não gostava de usar maquiagem durante sua rotina fora dos sets ou fora do alcance do público. Nesses momentos, ela geralmente usava apenas vaselina em seus lábios.

Outra curiosidade sobre Tate é que ela não costumava usar perfumes, misturando seus próprios aromas e óleos essenciais. Quando a joias, a atriz preferia brincos de argola grandes e colares a anéis.

Isso porque ela tinha o hábito de roer as unhas, destacado pelo uso de anéis. "[Eu deveria] parar de fazer isso. É nervosismo ou algo assim. Tenho uma massa de energia dentro de mim que não estou usando", disse em entrevista.


5. Momentos finais

A noite em que Sharon Tate foi assassinada é bem conhecida: os seguidores da seita messiânica de Charles Manson invadiram sua mansão em Los Angeles e realizaram uma chacina. Porém, o que aconteceu naquele dia, que ia se tornar trágico, é menos conhecido. Ela acordou cedo e se reuniu com duas amigas durante a hora do almoço.

Durante a conversa, desabafou sobre a situação com o marido, Roman Polanski, que não estava presente. Depois disso, conversou pelo telefone com Polanski, que reforçou o pedido para que as irmãs de Tate, Debra e Patti, passassem a noite com ela na casa, o que foi rechaçado por Sharon.

Pela noite, Tate saiu com alguns amigos, jantando no restaurante El Coyote e voltando para a residência por volta das 22h30. O que aconteceu depois disso foi um dos crimes mais chocantes e trágicos de Hollywood. 


+Saiba mais sobre o tema através das obras abaixo, disponíveis na Amazon:

Sharon Tate: Recollection, de Roman Polanski e Debra Tate (2014) - https://amzn.to/2L7iTPp

The Final Months of Sharon Tate, de H. Allegra Lansing (2019) - https://amzn.to/2A9dKEt

Roman Polanski & Sharon Tate, de Charles River Editors (2017) - https://amzn.to/2WB8lNR

Restless Souls, de Alisa Statman e Brie Tate (2012) - https://amzn.to/2znFkx6

Sharon Tate and the Manson Murders, de Greg King (2000) - https://amzn.to/35Eh4TP

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W