Antiguidade » Espanha

Pesquisadores acreditam ter encontrado local da primeira vitória de Aníbal Barca — um dos maiores inimigos dos romanos

De acordo com a pesquisa, a batalha que colocou Aníbal em destaque ocorreu nas margens do rio Tejo, no ano 220 a.C

Penélope Coelho Publicado em 22/04/2020, às 12h01 - Atualizado às 12h02

Estátua de Aníbal
Estátua de Aníbal - Wikimedia Commons

Aníbal Barca foi um comandante cartaginês que ficou famoso depois de marchar com 40 elefantes pelos Alpes para derrotar os romanos. No entanto, dois anos antes dessa batalha, o homem comandou uma guerra de mais de 100 mil homens, contra os espanhóis da tribo Vettones. Foi essa vitória que colocou Aníbal em ascensão para poder enfrentar Roma.

O local do confronto, no entanto, tem sido motivo de discussão entre arqueólogos e historiadores durante anos. Segundo um estudo interdisciplinar realizado pelos arqueólogos Javier Fernández da Equipe Arqueológica de Caraca-Driebes e Emilio Gamo, do Museu Nacional de Arte Romana, agora existe a possibilidade de determinar uma localização precisa.

Vista do rio Tejo em Guadalajara na Espanha / Crédito: Divulgação

 

Segundo a nova pesquisa, a batalha ocorreu nas margens do rio Tejo, entre Driebes e Illana, em Guadalajara, no centro da Espanha, em 220 a.C. O estudo leva em consideração as descrições e evidências da luta, além das características naturais do rio. Para esses estudiosos essa seria a rota mais lógica.

No entanto, os pesquisadores estão analisando a área com objetivo de localizar qualquer evidência que possa ter sido deixada pelo exército cartaginense de Aníbal, incluindo ossos de elefantes que possivelmente estiveram nessa batalha.