Coronavírus » Brasil

104 alunos infectados: Após retomar aulas presenciais, centro estudantil relata surto de Covid-19

Caso está sendo monitorado pela Vigilância Sanitária

Fabio Previdelli Publicado em 09/03/2021, às 07h46

coronavirus_positivo_atklxna_qaieoou_e2annqe.jpg
coronavirus_positivo_atklxna_qaieoou_e2annqe.jpg - Pixabay

No mês passado, o campus do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) da cidade de Engenho Coelho, que fica a 170 quilômetros de São Paulo, retomou suas atividades presenciais.  

O centro estudantil possui um internato para alunos e também recebem estudantes que não moram por lá. Acontece que, nessa semana, o instituto confirmou que 104 alunos estão contaminados com o novo coronavírus. Com isso, as aulas foram suspensas.  

Além deles, outros funcionários testaram positivo para a Covid-19, no entanto, a Unasp não quis informar quantos deles foram contaminados com a doença e tampouco divulgou o estado de saúde deles.  

A instituição declarou que o surto ocorreu depois que alunos que não moram no internato retornaram ao campus. A direção do centro estudantil informou que os estudantes foram enviados para isolamento dentro do próprio campus, onde permanecerão um período de recuperação sem terem contato com outros alunos ou funcionários.  

Com o surto, o instituto fechou parceria com dois hospitais da região, que auxiliarão no monitoramento dos casos confirmados e na testagem em massa dos demais alunos, para verificar se não há mais contaminados. A Unasp disse que a maioria dos infectados estão assintomáticos e os que apresentam sintomas leves, como tosse e um pouco de dor de cabeça. 

A Vigilância Sanitária não deve interditar o campus, já que o espaço é o único local de moradia para muitos estudantes. Porém, o órgão afirmou que monitora o caso. Os pais dos estudantes contaminados foram informados dos casos e recebem atualizações rotineiras sobre o estado de saúde de seus filhos.