Coronavírus » Mundo

Agência que regula medicamentos nos EUA manda recado sobre Ivermectina: 'Pare de tomar, você não é cavalo'

Equivalente à Anvisa nos Estados Unidos, o órgão afirmou que 'tomar grandes doses do medicamento pode causar sérios danos'

Pamela Malva Publicado em 23/08/2021, às 21h00

Imagem meramente ilustrativa de vírus
Imagem meramente ilustrativa de vírus - Divulgação/ Pixabay/ geralt

No último sábado, 21, a agência equivalente à Anvisa nos Estados Unidos, a Food and Drug Administration (FDA), publicou um alerta sobre a ivermectina em suas redes sociais. Responsável pela regulação de alimentos e remédios no país, o órgão afirmou que o medicamento deveria ser usado apenas em vacas e cavalos.

"Você não é um cavalo. Você não é uma vaca. Sério, pessoal, parem com isso", pediu a FDA. No post, a agência ainda compartilhou um artigo publicado em seu site oficial, cujo título é: “Por que você não deve usar ivermectina para tratar ou prevenir COVID-19”.

Na matéria, a agência norte-americana deixa claro que “não aprovou a ivermectina para uso no tratamento ou prevenção de COVID-19 em humanos”. Ainda mais, afirma que “tomar grandes doses desse medicamento é perigoso e pode causar sérios danos”.

Isso porque, de acordo com a própria FDA, a versão da ivermectina aplicada em animais é bastante concentrada e “pode ser altamente tóxica em humanos". A utilizada nas pessoas, por outro lado, funciona como um vermífugo e age na eliminação de diversos parasitas do corpo, mas não tem eficácia comprovada contra o Coronavírus.