Coronavírus » Pandemia

Após denuncia anônima, polícia de Nova Jersey encontra 17 corpos em lar de idosos

No local, um dos maiores asilos do estado, existem 76 pacientes e 41 funcionários infectados pelo Covid-19

Fabio Previdelli Publicado em 16/04/2020, às 14h00

Imagem externa do lar de idosos em Nova Jersey
Imagem externa do lar de idosos em Nova Jersey - Divulgação

A polícia de Nova Jersey informou que encontrou 17 corpos empilhados em um pequeno necrotério, dentro de uma casa de repouso para idosos, depois de receber um telefonema anônimo dizendo que um cadáver estava sendo mantido em um galpão do lado de fora da instalação.

A terrível descoberta foi feita na última segunda-feira, 13, no Centro de Reabilitação e Subagudos I e II de Andover (um dos maiores asilos do estado), no Condado de Sussex, segundo informou o The New Tork Times.

Assim como outras casas de repouso, o complexo foi devastado pelo novo coronavírus, já que 68 mortes ocorreram no local nas últimas semanas. Desse número, ao menos 28 pessoas testaram positivo para o Covid-19.

Quando as autoridades chegaram ao local, o cadáver já não estava mais no galpão, mas os policiais descobriram outros 17 corpos empilhados dentro de um pequeno necrotério, que tinha a capacidade máxima para abrigar quatro pessoas.

"A equipe estava claramente sobrecarregada e provavelmente com poucos profissionais. Os residentes estavão morrendo. Por quê? Não temos certeza se foi por Covid-19 ou de outras doenças, mas fizemos o possível para aliviar o fardo", disse Eric C. Danielson, chefe de polícia de Andover, em entrevista à CNN.

Os corpos foram colocados em um saco para defuntos e cada um deles foi identificado com uma etiqueta. Após isso, quatro cadáveres foram deixados no local, esperando o recolhimento de uma casa funerária, e os outros 13 foram transferidos para um trailer refrigerado no Newton Medical Center.

"É, de longe, a maior quantidade de corpos que já vivenciei em termos de um lar de idosos. Com base na pandemia e nos números que vimos saindo das instalações, não sei se estou necessariamente chocado com isso. É uma situação completamente infeliz", declarou Danielson.

Das pessoas que permaneceram no local, 76 pacientes e 41 funcionários estão infectados pelo Covid-19. "O desafio que estamos enfrentando com todos esses lares de idosos é que o vírus se espalha como um incéndio", disse o chefe de polícia. "É muito difícil parar com isso”.

Coronavírus nos Estados Unidos

Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, que foram apresentados na noite de ontem, 15, os Estados Unidos registraram quase 2.600 mortes em um único dia, um novo recorde no país. Ao todo, por lá, já foram constatados 637.359 casos de infectados, com 28.325 mortes.