Coronavírus » Irlanda

Após surtos de Coronavírus, Irlanda suspende tradição milenar na Pedra de Blarney

A tradição foi interrompida pela primeira vez para diminuir a possibilidade da proliferação do vírus

Nicoli Raveli Publicado em 17/03/2020, às 08h00

Os turistas e moradores da Irlanda no monumento irlandês
Os turistas e moradores da Irlanda no monumento irlandês - Wikimedia Commons

Após os surtos de coronavírus ao redor do mundo, já foi aconselhado evitar apertos de mão e beijo no rosto, assim como também manter a distância de, no mínimo, um metro e meio para que as gotículas contaminadas não afetem outras pessoas. O processo acabou envolvendo, inclusive, a visitação a monumentos tradicionais ao redor do mundo.

Seguindo o mesmo caminho, uma prática tradicional irlandesa foi temporariamente proibida. Beijar a Pedra Blarney, de acordo com o folclore, dá às pessoas o presente do Gab, que é a capacidade de falar com eloquência, ou seja, de maneira elegante, marcante e adequada.

A medida foi realizada passa diminuir a possibilidade de proliferação do vírus. Essa é a primeira vez que a tradição é interrompida, assim como a Parada do Dia de São Patrício. Além disso, o governo também decidiu fechar as escolas e universidades.

O Blarney Castle and Gardens, local onde fica a Pedra Blarney, anunciou que nenhum morador ou turista devem beijar a atração turística. De acordo com o Irish Post, jornal local, a administração optou por adiar o beijo até aviso prévio.