Coronavírus » Pandemia

Após surtos de coronavírus, Vaticano confirma gripe do Papa

Os boatos de que o Santo Padre havia contraído a covid-19 foram rapidamente desmentidos pela imprensa da instituição católica

Isabela Barreiros Publicado em 04/03/2020, às 08h00

Papa Francisco durante cerimônia no Vaticano
Papa Francisco durante cerimônia no Vaticano - Getty Images

De acordo com o diretor da Sala de Imprensa do Vaticano, Matteo Bruni, o Papa Francisco possui apenas um resfriado comum. A afirmação vem depois de boatos da condição de saúde do Santo Padre, que sofreu com especulações a respeito do novo surto de coronavírus, doença que já foi responsável por mais de 3 mil mortes ao redor do mundo.

Bruni confirmou que o pontífice estava "sem sintomas atribuíveis a outras patologias". Além disso, disse que ele estava celebrando normalmente "a missa diária e segue os exercícios espirituais que estão ocorrendo na Divina Casa mestre em Ariccia".

O jornal italiano Il Messaggero já havia confirmado que o Papa foi testado negativo para a covid-19, provocada pelo coronavírus. O contexto era de preocupação devido ao fato do religioso ter cancelado inúmeros compromissos durante a semana.

Também segundo o periódico romano, locais turísticos do Vaticano estão com uma queda de público de 60%. Isso acontece devido às restrições implantadas pela instituição católica para evitar que a doença chegue à região.