Coronavírus » América Latina

Bolsonaro opta por ser o único presidente sulamericano a não participar de reunião sobre coronavírus

Em videoconferência, outros sete Chefes de Estado do Prosul discutiram medidas para conter o avanço da doença

André Nogueira Publicado em 17/03/2020, às 09h42

Bolsonaro no dia da posse presidencial
Bolsonaro no dia da posse presidencial - Wikimedia Commons

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro causou polêmica nas redes sociais ao não participar de recente reunião realizada entre Chefes de Estado sulamericanos via videotransferência para ponderarem os impactos regionais do coronavírus. Participaram da discussão representantes de Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Peru e Paraguai. No lugar do militar, representou o Brasil o embaixador olavista Ernesto Araújo.

Os países participantes da reunião são membros do Fórum para o Progresso e Desenvolvimento da América do Sul (Prosul) e tentaram elaborar um programa para o combate conjunto ao vírus, que atingiu com mais força o Brasil.

O país já possui 234 casos confirmados e até o próprio presidente passou por triagem devido suspeitas de infecção. Os vizinhos também possuem infectados, mas em menor quantidade. Países como Argentina, Chile e Colômbia fecharam suas fronteiras por 15 dias, numa atitude mais drástica que a abertura dada pelo governo brasileiro.

Atualmente, o Brasil é o país que menos tomou medidas de prevenção contra a pandemia internacional, enquanto mesmo países com menor circulação, como Paraguai, optaram pelo fechamento parcial dos seus territórios, com o objetivo de evitar novos casos. Luiz Henrique Mandetta, que chefia a pasta da Saúde no atual governo, vem pressionando o presidente em nome de medidas mais duras, com uma visão mais técnica da área.


+Saiba mais sobre o tema por meio de grandes obras:

A filosofia explica Bolsonaro, de Paulo Ghiraldelli Jr. (2019) - https://amzn.to/2PVZSlf

Tormenta: O governo Bolsonaro: crises, intrigas e segredos, de Thaís Oyama (2020) - https://amzn.to/3d62tUr

A eleição disruptiva: Por que Bolsonaro venceu, de Maurício Moura (2019) - https://amzn.to/2xMggiO

A elite do atraso: da escravidão a Bolsonaro, de Jessé Souza (2019) - https://amzn.to/2ISwV6x

Brasil, construtor de ruínas: Um olhar sobre o Brasil, de Lula a Bolsonaro, de Eliane Brum (2019) - https://amzn.to/2IV6kpm

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.