Coronavírus » Pandemia

Boris Johnson apresenta agravamento nos sintomas do Covid-19 e é transferido para a UTI

De acordo com seus assessores, ele não precisou do auxilio de um ventilador e ainda está consciente

Nicoli Raveli Publicado em 06/04/2020, às 17h30

Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, durante discurso
Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido, durante discurso - Wikimedia Commons

Boris Johnson, primeiro ministro do Reino Unido, foi transferido para a terapia intensiva devido ao agravamento dos sintomas do novo coronavírus. Ele havia sido hospitalizado na noite anterior em St Thomas, em Londres.

De acordo com as autoridades, Johnson não precisou do auxilio de um ventilador e ainda está consciente. Entretanto, desde que ele havia sido diagnosticado, o primeiro ministro não deixou de participar de conferencias e reuniões. Após ser internado, continuou a trabalhar, mas agora suas responsabilidades já foram designadas ao seu substituto, Dominic Raab.

Segundo seus assessores, o agravamento da doença mostrou que a condição do primeiro ministro é mais séria do que se pensava. “Ao longo desta tarde, a condição do primeiro-ministro piorou e, a conselho de sua equipe médica, ele foi transferido para a unidade de terapia intensiva do hospital”.

Para Boris, o hospital tem um excelente atendimento e dedicação aos pacientes infectados pela Covid-19. Até o momento, o Reino Unido conta com 51.608 casos da doença e 5.373 mortes.