Coronavírus » Pandemia

Cabeleireiros assintomáticos expõem 140 pessoas ao coronavírus nos Estados Unidos

Estima-se que, em pouco mais de uma semana, dezenas de clientes e colegas de trabalho tiveram contato com os dois profissionais

Fabio Previdelli Publicado em 26/05/2020, às 12h41

Imagem ilustrativa de um cabeleireiro
Imagem ilustrativa de um cabeleireiro - Pixabay

No Missouri, nos Estados Unidos, após a reabertura dos salões de beleza, um profissional que estava com coronavírus, mas que era assintomático, trabalhou por mais de uma semana e expôs cerca de 90 pessoas — entre clientes e colegas de trabalho — ao vírus, mesmo utilizando máscaras de proteção individual.

Após dois dias de seu afastamento, outro companheiro de trabalho também testou positivo para o Covid-19 e aumentou o número de exposição para, no mínimo, 140 pessoas.

Em um primeiro momento, das 91 pessoas que foram expostas ao vírus, 84 delas eram clientes do salão e os outros 7 são funcionários. Após a confirmação do segundo cabelereiro assintomático, as autoridades locais aumentaram para mais 56 o número de pessoas “potencialmente expostas”.

Segundo as autoridades, o primeiro funcionário teria trabalhado entre os dias 12 e 20 de maio e, dois dias depois, 22, os órgãos locais confirmaram que o teste positivo para o seu companheiro de salão.

"Os indivíduos [contaminados] e seus clientes estavam usando máscaras faciais. Os 84 clientes potencialmente expostos diretamente [pelo primeiro funcionário] serão notificados pelo Departamento de Saúde e receberão testes", declarou o Departamento de Saúde de Springfield-Greene, na última sexta-feira, 22.

Após o ocorrido, as autoridades de saúde fizeram um mapa cronológico por todos os estabelecimentos por onde o primeiro contaminado passou. Assim, os órgãos sanitários alertaram as pessoas desses locais para ficarem alertas para possíveis sintomas da Covid-19.

No Missouri, a reabertura dos salões de beleza foi permitida no dia 4 de maio, quando houve um afrouxamento das restrições impostas no estado. Entretanto, as aulas escolares permanecem suspensas e as empresas de varejo atendem com um número limitado de clientes. Já os restaurantes só podem funcionar caso garantam o emprego de medidas de distanciamento social.

Coronavírus nos Estados Unidos

Os Estados Unidos, um dos epicentros do novo coronavírus no mundo, já registrou mais 1.699 milhão de pessoas infectadas, com 99.498 mortes em decorrência da Covid-19. Os dados da epidemia no país devem ser atualizados na noite de hoje.