Coronavírus » Brasil

Caso de reinfecção por variante inédita do coronavírus é confirmado em MG

O paciente é um médico de 29 anos, morador de Belo Horizonte e sem comorbidades

Giovanna Gomes, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 04/03/2021, às 06h59

Ilustração do coronavírus
Ilustração do coronavírus - Pixabay

Na última segunda-feira, 1, o Laboratório de Imunopatologia da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) confirmou o primeiro caso de reinfecção por coronavírus no estado de Minas Gerais. Conforme informações do UOL, trata-se de uma variante comum nos Estados Unidos, mas que ainda não havia sido identificada em solo brasieiro, a B.1.2. 

De acordo com a universidade, o paciente infectado é um médico morador de Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte e que também atua na cidade de Caeté e na capital. Ele tem 29 anos de idade e não possui comorbidades. O homem, que não precisou de internação nas duas ocasiões, relatou que apresentou sintomas após uma viagem ao Rio de Janeiro.

A segunda infecção se deu 230 dias após a primeira, quando foi identificada a linhagem B.1.1.28 do vírus em seu organismo. Porém, um fato que tem chamado atenção dos médicos é que o mineiro apresentou anticorpos IgG no mês de agosto do ano passado, mas um teste sorológico realizado em dezembro apontou negativo.

Para Alexandre Reis, pesquisador do Laboratório de Imunopatologia da UFOP, em comunicado, "o fato de os níveis de anticorpos do paciente terem negativado, assim como outros fatores ainda não bem elucidados, devem também ter contribuído para o quadro".