Coronavírus » Pandemia

Com CoronaVac, Turquia já vacinou mais de 500 mil pessoas contra a Covid-19

Sofrendo com mais de 20 mil mortes por conta do coronavirus, o país deu início à campanha de vacinação na última quinta-feira, 14

Alana Sousa Publicado em 16/01/2021, às 09h30

Imagem ilustrativa de pessoa sendo vacinada com injeção no braço
Imagem ilustrativa de pessoa sendo vacinada com injeção no braço - Divulgação/Pixabay

Segundo o Ministério da Saúde do Brasil, na última quinta-feira 14, a Turquia chegou a marca de 515.425 pessoas já vacinas contra o coronavírus. Utilizando o imunizante CoronaVac, que em solo brasileiro está sendo produzido pelo Instituto Butantan, o país euroasiático se mostra adiantado no combate à pandemia. As informações foram divulgadas ontem, 15.

Profissionais da saúde, membros do parlamento e, até mesmo, o presidente Recep Tayyip Erdogan já receberam a primeira dose da vacina. Em comunicado, o governante afirmou: “Eu me sinto muito bem. Vou receber a segunda dose em 28 dias”.

O uso emergencial da CoronaVac foi autorizado na quarta-feira, 13, e, no dia seguinte, o governo deu início a campanha de combate. A Turquia encomendou 50 milhões de doses do imunizante da Sinovac. Mais 55 milhões de doses virão de outras fabricantes, como a Pfizer e a BioNtech.

Com pouco mais de dois milhões de casos, o país perdeu 23.664 habitantes para o vírus que vem assolando o mundo.

Sobre a Covid-19

Em 1º de dezembro de 2019, o primeiro paciente apresentava sintomas do novo coronavírus em Wuhan, epicentro da doença na China, apontou um estudo publicado na revista científica The Lancet em fevereiro deste ano.  

De lá pra cá, a doença já infectou 90 milhões de pessoas ao redor do mundo, totalizando cerca de 2 milhões de mortes, sendo mais de 200 mil delas apenas no Brasil, que está no segundo lugar entre os países onde mais pessoas morrerem por complicações da Covid-19. O primeiro deles é os EUA, com mais de 390 mil.