Coronavírus » Pandemia

Contra Coronavírus, Arábia Saudita decreta toque de recolher em Meca e Medina

Em ambas as cidades, que já estavam fechadas para visitantes, os moradores deverão ficar em casa durante as 24 horas do dia

Pamela Malva Publicado em 02/04/2020, às 12h50

Imagem meramente ilustrativa de Meca, durante culto muçulmano
Imagem meramente ilustrativa de Meca, durante culto muçulmano - Wikimedia Commons

Com seus templos islâmicos fechados, a Arábia Saudita implementou outra medida para evitar uma maior disseminação do Coronavírus. O país anunciou, em comunicado nesta quinta-feira, 2, um toque de recolher de 24 horas nas cidades de Meca e Medina.

Antes da decisão, o isolamento imposto pelo Estado exigia que as pessoas ficassem em casa entre as 15h e 06h. Agora, apenas alguns trabalhadores de serviços essenciais, como médicos e comerciantes de alimentos, têm autorização para sair.

Logo no início da semana, os oficiais já haviam pedido pelo adiamento da peregrinação anual a Meca, conhecida como Hajj, ou Hadj. Ambas Meca, que é berço de numerosos cultos muçulmanos, e Medina já tinham sido fechadas para visitantes.

No total, a Arábia Saudita já registrou mais de 1,8 mil infectados pelo Coronavírus, sendo que 21 dos indivíduos não resistiram. O Brasil, por sua vez, já documentou mais de 7 mil casos. Destes, 252 pessoas morreram, enquanto 127 se recuperaram do Covid-19.