Coronavírus » Pandemia

Coronavírus: homem é multado por lutar com urso sem usar máscara

O incidente perigoso e cruel ocorreu em um zoológico recém reaberto em Varsóvia, na Polônia. Assista ao vídeo

Vanessa Centamori Publicado em 27/05/2020, às 12h03

Urso é atacado pelo homem no zoológico em Varsóvia, Polônia
Urso é atacado pelo homem no zoológico em Varsóvia, Polônia - Divulgação/ Youtube

Na Polônia, um jovem de 23 anos lutou contra um urso e não respeitou as recomendações de usar máscara em um zoológico em Varsóvia. A instituição foi reaberta após a flexibilização das restrições contra o novo coronavírus no país. 

Um vídeo que circulou nas redes sociais mostra o exato momento em que o indivíduo se atira na jaula do animal. O rapaz provavelmente estava bêbado, de acordo com o jornal britânico, The Independent, quando pulou no território da ursa Sabrina.

Para escapar, o homem tentou se atirar em um pequeno córrego artificial, mas foi perseguido pela ursa. Em poucos minutos, os dois começaram a brigar, até que o rapaz conseguiu finalmente fugir.

Segundo os funcionários do zoológico, o cidadão teve muita sorte: Sabrina era uma ursa de circo. Portanto, estava “acostumada com a presença das pessoas", afirmaram os porta-vozes. 

Já que o indivíduo não utilizava máscara enquanto batalhava contra a ursa, ele foi detido tanto por desobedecer às regras da Covid-19 quanto por crueldade animal. O jovem foi multado em um valor que varia entre mil e 6 mil libras esterlinas (algo entre 40 mil reais). Ele também terá de pagar 20 horas de serviço comunitário por mês.

A Polônia registra atualmente mais de 22 mil casos confirmados da Covid-19 e 1025 mortos, segundo as últimas estatísticas. O país relaxou a quarentena desde os meados do mês de abril. 

Veja o vídeo do homem lutando contra a ursa: