Coronavírus » Pandemia

Coronavírus: Hong Kong suspende importação de carne de frigorifico de SC

A suspensão temporária foi motivada pela notícia de que o coronavírus foi identificado em uma asa de frango vinda do Brasil; ainda não foi emitida uma notificação oficial

Caio Tortamano Publicado em 18/08/2020, às 14h04

Imagem ilustrativa de frango
Imagem ilustrativa de frango - Pixabay

Após o anuncio de que uma prefeitura na China se deparou com traços do coronavírus em asas de frango vindas do Brasil, Hong Kong anunciou que irá suspender de forma temporária as importações que realizava de uma empresa em Santa Catarina. Apesar de o anúncio ter acontecido semana passada, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) afirmou não ter recebido nenhuma notificação oficial.

Apenas uma planta de frigorífico na cidade de Xaxim, em Santa Catarina, terá a atividade suspensa. Por nota, a ABPA afirmou: “A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) está apoiando a sua associada para a apresentação dos esclarecimentos, com bases técnico-científicas. A ABPA também apoiará o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento dentro das tratativas com as autoridades de Hong Kong, para que a situação se clarifique e se restabeleça".

De acordo com o portal G1, a empresa dona do frigorífico, Aurora — terceira maior exportadora de aves e suínos do Brasil — afirmou não ter recebido nenhuma confirmação do governo chinês a respeito da contaminação com o coronavírus, tendo afirmado isso no dia que a notícia sobre a suposta presença foi confirmada.

Além de Hong Kong, países vizinhos da China, como Filipinas, suspenderam temporariamente a compra da carne vinda do Brasil. Em todo o mundo, o país é o maior exportador global de frango, e somente nas Filipinas corresponde a 20% das importações.