Coronavírus » Pandemia

Coronavírus já matou mais de 35 mil pessoas no mundo, aponta estudo

Estados Unidos, Espanha e Itália seguem sendo regiões críticas da Covid-19. Já no Brasil, número de infectados e mortes crescem. Confira os dados!

Fabio Previdelli Publicado em 30/03/2020, às 14h40

Imagem ilustrativa de um teste de sangue para detectar o coronavírus
Imagem ilustrativa de um teste de sangue para detectar o coronavírus - Pixabay

O novo coronavírus, o Covid-19, já vitimou mais de 35 mil pessoas em todo o mundo, apontou um levantamento feito pela universidade americana Johns Hopkins, divulgado no início da tarde de hoje, 30.

O estudo também revela que mais de 745 mil pessoas foram infectadas com o vírus e que 156 mil já se recuperaram da doença. Os números mais alarmantes seguem sendo o de Espanha, Itália e Estados Unidos.

Espanha

Nas últimas 24 horas, o país constatou 812 novas mortes por Covid-19. Ao todo, a Espanha já soma 7.3 mil mortes, segundo dados do Ministério da Saúde. Outro número que preocupa são os dos profissionais de saúde afetados pelo coronavírus: quase 12.300, ou cerca de 14% entre eles. Desde o último dia 24, a Espanha registra ao menos 500 mortes por dia.

Itália

Já a Itália ainda é o segundo país que mais sofre com o vírus. Apesar de uma queda no número de infectados nas últimas 24 horas, 4.050 casos — a menor desde o dia 17 —, o país registra 11.591 mortes, sendo a nação com o maior número de vítimas.

Estados Unidos

O presidente Donald Trump voltou atrás no seu discurso de acabar com o confinamento de pessoas no país e informou que a quarentena continuará até o dia 30 de abril, e espera que, em cerca de 60 dias, todas as atividades do país estejam estabilizadas. O país já registrou mais de 143 mil casos do Covid-19, com aproximadamente 2.500 mortes.

Brasil

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informou que o Minas Gerais confirmou o primeiro caso de morte por coronavírus. O estado mais alarmante segue sendo São Paulo, com 98 mortes e 206 pacientes internados na UTI. O Ministério da Saúde informo que no país 4.256 casos haviam sido confirmados, com 136 mortes, até a tarde de ontem, 29. A atualização desses dados deve ocorrer ainda hoje.