Coronavírus » Pandemia

Coronavírus: Pastor evangélico chileno morre após pregar culto para 300 pessoas

Mario Salfete morreu aos 67 anos, no hospital de Los Andes, onde estava internado desde março

Paola Churchill Publicado em 16/04/2020, às 07h30

Pastor Mario Salfete (de azul) durante o culto
Pastor Mario Salfete (de azul) durante o culto - Divulgação/Youtube

Na última terça-feira, 14, morreu por  coronavírus, um pastor evangélico chileno que, no final de março, celebrou um culto reunindo em torno de 300 pessoas, em uma cidade próxima de Santiago.

Mario Salfate tinha 67 anos e estava internado desde 23 de março no Hospital de Los Andes “após ser confirmado portador da Covid-19” como disse a instituição médica em comunicado.

A morte de Mario ocorre no meio de uma grande discussão envolvendo alguns pastores evangélicos que não querem interromper os cultos por conta da pandemia. Como o Chile conta com um número muito alto de fiéis, muitas pessoas estão furando a quarentena para irem às igrejas, prática extremamente criticada pelas autoridades de saúde do país.

No Chile, os casos confirmados da doença chegam a 8.273 infectados, sendo que 94 pessoas não resistiriam a Covid-19 e faleceram.