Coronavírus » Pandemia

Coronavírus: profissionais do sexo estão incluídos no pacote de alívio financeiro no Japão

Durante a pandemia de covid-19, o país decidiu liberar uma ajuda econômica para a população

Penélope Coelho Publicado em 08/04/2020, às 13h30

Imagem ilustrativa de uma moça asiática usando máscara
Imagem ilustrativa de uma moça asiática usando máscara - Pexels

Quem trabalha legalmente na indústria do sexo no Japão, terá direito ao pacote de ajuda econômica disponibilizado pelo governo japonês. Essa informação foi divulgada pelo ministro da Saúde e Trabalho, Kazunobu Kato, em entrevista coletiva.

Na proposta original, os restaurantes, bares e o entretenimento adulto estavam excluídos da medida. No entanto, a iniciativa foi criticada pela oposição que alegou um preconceito de ocupação profissional, o que fez com que o governo mudasse de ideia.

O Japão irá disponibilizar um valor de 8.330 ienes (aproximadamente 399 reais) para os empregadores que deixarem que seus funcionários tirem férias para cuidar de seus filhos, já que as escolas estão fechadas.

O valor total do pacote aprovado foi de 108 trilhões de ienes. Os gastos causados pela pandemia de Covid-19 foram ainda mais altos do que as despesas usadas no colapso que o país enfrentou em 2008.

Coronavírus no Japão

Comparado aos outros países da Ásia, o Japão foi poupado dos grandes surtos, mas, uma alta recente e constante nas infecções por coronavírus em locais como Tóquio e Osaka, fizeram com que o Japão anunciasse estado de emergência, na última terça-feira, 7.