Coronavírus » Pandemia

Coronavírus: Sozinho, idoso dependia de pizzarias durante o isolamento social

Com dificuldades de locomoção, ele precisou ir ao mercado durante a quarentena

Penélope Coelho Publicado em 07/04/2020, às 10h05

O aposentado David Hoggett
O aposentado David Hoggett - Divulgação

Aos 70 anos, David Hoggett, vive em Aldershot, Hampshire, na Inglaterra. O homem é viúvo - perdeu sua esposa em 2014 e desde então vive sozinho sem familiares por perto. Hoggett sofre de artrite e passa por uma verdadeira batalha para se locomover.

Por isso, quando a pandemia de coronavírus na Inglaterra resultou na quarentena, ele praticou o isolamento social. Como não conhecia ninguém que pudesse fazer compras por ele, o idoso decidiu pedir entrega de pizza por telefone para ter o que comer. “Vivia exclusivamente da pizza do Domino’s, biscoitos de chocolate e Coca-Cola Zero", disse ele.

Porém, quando o delivery parou de entregar pedidos, Hoggett se viu sem opção e teve que sair para ir ao mercado. As autoridades da cidade viram a dificuldade do homem e o ajudaram a atravessar a rua. Percebendo a sua situação, os policiais fizeram suas compras e o levaram até em casa. Atualmente, a vizinha de Hoggett, Jodie Cordner, de 21 anos, ajuda o idoso nas compras.

Coronavírus na Inglaterra

Segundo os últimos dados divulgados pelo Serviço Nacional de Saúde ontem, 6, o número de mortes por coronavírus na Inglaterra subiu para 4.897. Além disso, o centro de monitoramento diário Covid-19 da Universidade Johns Hopkins confirmou hoje, 7, que a taxa global de mortalidade por coronavírus ultrapassou a marca de 75 mil.