Coronavírus » Pandemia

Coronavírus: Trump afirma que suspendeu o uso de cloroquina

Anteriormente, o presidente dos Estados Unidos contrariou as recomendações dos profissionais da saúde sobre o medicamento em casos de COVID-19

Penélope Coelho Publicado em 26/05/2020, às 11h28

Donald Trump, presidente dos Estados Unidos
Donald Trump, presidente dos Estados Unidos - Getty Images

Em declaração feita na semana passada, Donald Trump havia dito que estava tomando hidroxicloroquina como forma de prevenção ao coronavírus, mesmo que não tenha sido diagnosticado com o vírus.

Segundo estudos publicados por grandes revistas científicas ao redor do mundo, não há comprovação de que o remédio auxilie na prevenção, ou no tratamento da nova doença.

Porém, na última segunda-feira, 25, Trump afirmou em entrevista que encerrou o seu tratamento com cloroquina: “Terminei, acabei de terminar. E, a propósito, ainda estou aqui”, afirmou o líder norte-americano. O presidente não citou mais provas de suas alegações, mas, continuou defendendo o uso do medicamento.

Suas afirmações contrariam as indicações de instituições reguladoras de medicamentos e alimentos como: Food and Drug Administration (FDA), agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos — que alertam sobre os efeitos colaterais do remédio.

Coronavírus nos Estados Unidos

Segundo os últimos dados divulgados pela Universidade Johns Hopkins, no país líder da doença já foram confirmados 1.697.766 milhões de casos de covid-19, com 18.586 mil recuperados e 352.984 mil mortes.