Coronavírus » Pandemia

Coronavírus: ufólogo acredita que o governo britânico estaria encobrindo fatos sobre alienígenas, por causa da pandemia

De acordo com Tony Buckingham, a humanidade não saberia lidar com a verdade sobre os aliens

Penélope Coelho Publicado em 24/03/2020, às 14h29

Imagem ilustrativa de naves espaciais
Imagem ilustrativa de naves espaciais - Pixabay

A Força Aérea Real do Reino Unido estava preparada para expor uma série de arquivos de observação de Objetos Voadores Não Identificados, OVNIs, em domínio público nesse mês. Isso porque o governo enfrentou pedidos de maior transparência sobre o assunto.

Entretanto, em declaração ao jornal britânico Daily Star, o ufólogo Tony Buckingham, acredita que a verdade sobre os ETs chocaria demais, em um momento como esse, onde a humanidade enfrenta a pandemia de coronavírus.

"Eu não acredito que os poderosos achem que já estejamos preparados para uma abertura (dos arquivos sobre OVNIs) completa, e ao ver como as pessoas lutam por rolos de papel higiênico (em meio à proliferação do coronavírus) eu tenho que concordar com essa linha de pensamento", disse Buckingham em entrevista ao tabloide.

Além disso, de acordo com o ufólogo, existe a possibilidade de o governo britânico exibir somente arquivos que estejam de acordo com a opinião geral das pessoas, para não deixar a humanidade ainda mais assustada em um momento difícil.

Revelações polêmicas

Tony acredita em uma possibilidade de uma invasão alienígena na Terra. Ele acredita que seria o maior segredo do governo de todos os tempos e está guardado a sete chaves.

Outra pessoa que compartilhava do mesmo pensamento de Tony era almirante Lord Hill-Norton, ex-chefe da Equipe de Defesa do Reino Unido, que faleceu em 2004. Ele chegou a comentar que existe a possibilidade de estarmos sendo visitados por seres do espaço sideral, há muitos anos.

Ao redor do planeta, a situação da pandemia causada pelo coronavírus só aumenta. Em apenas um dia, 26.096 novos casos de Covid-19 foram registrados no mundo, e em muitos países o isolamento social já é obrigatório, podendo gerar multas a quem descumprir a ordem.