Coronavírus » China

Covid-19: Províncias chinesas voltam ao isolamento após aumento de infecções

Medidas foram anunciadas pelo governo na última segunda, 25

Fabio Previdelli Publicado em 26/10/2021, às 18h02

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Getty Images

Com o aumento de casos de infecção do novo coronavírus, as autoridades chinesas informaram, na última segunda-feira, 25, que voltarão a determinar que milhares de moradores do norte do país voltem ao confinamento.

Além do mais, pedirão para que os moradores da capital limitem seus deslocamentos. Nas 24 horas anteriores à decisão, a China relatou 39 novos casos de pessoas infectadas com a Covid-19. Na semana passada, mais de 100 casos foram relatados em sete dias, muitos deles ligados a viajantes. 

De acordo com informações do G1, as contaminações foram detectadas em 11 províncias do país. Com isso, o governo passou a impor restrições e começou a organizar campanhas para a testagem de moradores das regiões afetadas.

As mesmas medidas foram adotadas quando a China se tornou o primeiro epicentro da doença, entre o final de 2019 e início de 2020. A política de “tolerância zero” do governo ajudou a população a sofrer menos com perdas do que outros países. 

A preocupação aumenta, ainda mais, pois as Olimpíadas de Inverno, que terão Pequim como sede, estão a 100 dias de começar.