Coronavírus » Pandemia

De acordo com empresa, vacina da Pfizer contra o novo coronavírus pode sair em outubro

Caso consigam autorização para a liberação, 100 milhões de doses poderão ser fornecidas até o final do ano

Penélope Coelho Publicado em 22/08/2020, às 11h06

Imagem ilustrativa de vacina
Imagem ilustrativa de vacina - Pixabay

A vacina que está sendo produzida pelas empresas farmacêuticas Pfizer e BioNTech pode receber autorização de regulamentação já no mês de outubro, o anúncio foi realizado pelas próprias empresas e as informações são do jornal Valor Econômico.

De acordo com a publicação, se forem regulamentadas as multinacionais pretendem fornecer 100 milhões de doses da vacina para o novo coronavírus em todo o mundo, até o final de 2020. O número deve aumentar em 2021 para 1,3 bilhão de doses.

Em comunicado oficial, as empresas demonstraram um resultado positivo durante a fase de testes da vacina chamada de BNT162b2: “Em todas as populações, a administração da vacina foi bem tolerada com febre leve a moderada em menos de 20% dos participantes”.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), até o momento, seis candidatas à vacina contra o novo coronavírus já estão em fases avançadas de teste, a da Pfizer é uma delas.