Coronavírus » Pandemia

Em telefonema, Papa Francisco se diz preocupado com a "situação grave da pandemia" de Covid-19 em São Paulo

Francisco conversou com o arcebispo da cidade, Odilo Pedro Screrer, e manifestou "grande preocupação pelo número crescente de doentes e pelas perdas de vidas"

Vanessa Centamori Publicado em 09/05/2020, às 15h50

O Papa Francisco
O Papa Francisco - Getty Images

Em gesto de solidariedade, o Papa Francisco ligou na manhã deste sábado, 9, para o arcebispo de São Paulo, cardeal Odilo Pedro Screrer, manifestando a sua preocupação com a situação da Covid-19 na cidade de São Paulo. 

O estado de São Paulo contabilizou ontem 3.406 óbitos pela doença– 210 deles somente em 24 horas. Depois que o papa ficou sabendo sobre o número de doentes, que soma 41 mil confirmados, ele ligou diretamente para o celular do cardeal de São Paulo. 

"Hoje, às 11h40 da manhã, tive a grata surpresa de receber, pelo meu celular, uma ligação do Papa Francisco", escreveu Odilo Pedro Screrer, em um comunicado oficial. "Perguntou como estamos em São Paulo, pois teve informações sobre a situação grave da pandemia."

Odilo Pedro Screrer, arcebispo de São Paulo, cardeal que falou com o Papa Francisco / Crédito: Wikimedia Commons 

 

Segundo o relato de Odilo, Francisco expressou "grande preocupação pelo número crescente de doentes e pelas perdas de vidas, prometendo rezar por todos”. O cardeal também contou que o Papa quis saber como estão os pobres. 

Francisco disse estar preocupado sabendo que nem sempre as pessoas carentes têm casa e meios de seguir medidas preventivas contra a Covid-19. O papa também solicitou orações por ele e "pediu para transmitir a todos a sua bênção apostólica".