Coronavírus » Pandemia

Estados brasileiros podem vivenciar “aceleração descontrolada” em surto de coronavírus

Documento liberado pelo Ministério da Saúde analisou o histórico do vírus em quatro locais específicos e emitiu um alerta

Alana Sousa Publicado em 04/04/2020, às 13h00

uploads/coronavirus_laboratorio.jpg
uploads/coronavirus_laboratorio.jpg - uploads/coronavirus_laboratorio.jpg

Apesar de demonstrar um crescimento controlado, a pandemia de coronavírus no Brasil pode afetar mais severamente quatro estados em específico. São eles: São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará, Amazonas e, ainda, Distrito Federal. É o que aponta um documento redigido pelo Ministério da Saúde.

Segundo o texto oficial, a pandemia de Covid-19 está dividida em quatro fases: localizada, aceleração descontrolada, desaceleração e controle. Analisando o histórico do vírus, que teve seu primeiro caso conhecido em fevereiro, tais locais estariam se aproximando da segunda etapa do surto.

“Este evento representa um risco significativo para a saúde pública, ainda que a magnitude (número de casos) não seja elevada do mesmo modo em todas os municípios", alega o ministério. Para diminuir os danos a melhor opção é o isolamento social.

O estado de São Paulo é o mais afetado pela vírus, com 82,5% das hospitalizações desde o início da pandemia, seguido pelo Rio de Janeiro com 4,4%. O Brasil possui um total de nove mil casos, com 359 mortes, tudo em pouco mais de um mês.