Coronavírus » Pandemia

Estudo aponta que a Covid-19 pode ser tão letal quanto a Gripe Espanhola

A pesquisa mostrou que a pandemia do novo coronavírus pode ter mortalidade comparável — ou até maior — que a infecção pelo vírus da influenza H1N1 de 1918

Vanessa Centamori Publicado em 14/08/2020, às 09h02

Surto de Gripe Espanhola nos Estados Unidos, em 1918, em Oakland
Surto de Gripe Espanhola nos Estados Unidos, em 1918, em Oakland - Wikimedia Commons

Segundo um estudo, publicado na última quarta-feira, 13, na revista médica JAMA Network Open, a pandemia do novo coronavírus pode ser tão letal quando a Gripe Espanhola, que assolou o planeta em 1918. As informações são do site Infomoney

Segundo a publicação, para conduzir o estudo, os pesquisadores usaram dados públicos dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças, do Departamento de Saúde e Higiene Mental da Cidade de Nova York e do Censo dos EUA. Assim, compararam o excesso de óbitos em Nova York na Gripe Espanhola com os números dos primeiros meses do surto local de Covid-19. 

Dessa maneira, os especialistas perceberam que o aumento de mortes na pandemia de 1918 foi maior, de modo geral, porém ainda assim comparável com o que ocorreu com o novo coronavírus no outro período analisado. 

Por outro lado, o estudo mostrou que quando se trata de melhorias na higiene, medicina moderna e saúde pública, o aumento no número de mortes durante o surto inicial do novo coronavírus foi “substancialmente maior”. “O que queremos é que as pessoas saibam é que isso que estamos vivendo agora tem potencial para ser tão ruim quanto 1918”, afirmou o autor principal, Dr. Jeremy Faust, segundo o Infomoney. 

Ainda de acordo com Faust, o surto de Covid-19 em Nova York foi pelo menos 70% tão grave quanto o de 1918. Isso, segundo ele, em um período da Gripe Espanhola no qual não estavam disponíveis ventiladores e outros avanços científicos. “Isso não é algo para se ignorar como uma gripe”, apontou.