Coronavírus » Estados Unidos

Famoso soldado americano da Guerra do Vietnã morre por coronavírus

Condecorado com uma medalha de honra, entregue pelo presidente Barack Obama em 2014, Bennie Adkins faleceu aos 86 anos

Wallacy Ferrari Publicado em 20/04/2020, às 15h00

O homem, sendo condecorado por Obama em 2014, junto a uma representação gráfica do COVID-19
O homem, sendo condecorado por Obama em 2014, junto a uma representação gráfica do COVID-19 - Divulgação

O ex-combatente Bennie G. Adkins morreu na última sexta-feira, 17, em decorrência de complicações pulmonares causadas pelo novo coronavírus, no Alabama, Estados Unidos. A morte foi divulgada em uma nota oficial pela fundação que levava seu nome e afirma que o sargento aposentado passou os últimos momentos próximos a família.

Hospitalizado no East Alabama Medical Center desde o final de março, Bennie apresentava um estado crítico com muitos sintomas da doença. O homem tinha 86 anos de idade e já tinha outros problemas de saúde além do COVID-19, sem maiores detalhes na nota divulgada.

Enviado três vezes ao Vietnã, seus esforços em uma batalha que durou 38 horas, no ano de 1966, foram reconhecidos pelo governo americano como heroicos. Na ocasião, estima-se que Adkins matou mais de 130 inimigos tendo mais de 18 ferimentos em seu corpo. Em 2014, recebeu a Medalha de Honra americana das mãos do então presidente Barack Obama.

Em entrevista ao Opelika-Auburn News, seu filho Keith Adkins manifestou gratidão pela equipe médica e ao pai: “Queremos que seu legado não seja apenas sua vida nas forças armadas, mas o que ele fez depois; como ele foi para a escola, obteve educação, abriu um negócio local e, especialmente, seu apoio à comunidade”, concluiu Keith.

Coronavírus nos Estados Unidos

Segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, os Estados Unidos já contabilizam mais de 740 mil casos do novo coronavírus. O número de mortes passa dos 40 mil.