Coronavírus » Pandemia

Governador mexicano diz que as pessoas pobres são imunes ao novo coronavírus

“Se você é rico, está em risco. Se você é pobre, não... Nós, pobres, somos imunes”, declarou Miguel Barbosa

Fabio Previdelli Publicado em 26/03/2020, às 14h00

O governador da cidade de Puebla, Miguel Barbosa
O governador da cidade de Puebla, Miguel Barbosa - Divulgação

O governador da cidade de Puebla, Miguel Barbosa, afirmou que as pessoas pobres são imunes ao novo coronavírus. A polêmica declaração do político mexicano ocorreu, pois, a maioria das quase 500 pessoas afetadas pelo Covid-19 são de classe alta.

“Se você é rico, está em risco. Se você é pobre, não... Nós, pobres, somos imunes”, disse em pronunciamento hoje, 26. A fala não foi muito bem vista pelos cientistas, que chamaram o governador de “idiota” e disseram que sua teoria era “incrivelmente estúpida”.

As autoridades mexicanas relataram que três quartos dos 475 casos registrados no país estão relacionados a pessoas que fizeram viagens internacionais e que, portanto, como os pobres não fazem muitas viagens, eles seriam um grupo de menor risco.

Em entrevista ao Daily Mail, o professor Paul Hunter, especialista em doenças infecciosas da Universidade de East Anglia, criticou a alegação do político. “Ele é um idiota. Isso é absolutamente estúpido. Não há evidências para o que ele disse”.

“O que vai acontecer é que muitas pessoas pensam que não precisam se preocupar com isso [Covid-19], o que aumentará a propagação da doença”, alertou. Ele ainda acrescentou que as pessoas mais pobres podem estar em maior risco porque tendem a apresentar quadros de desnutrição e, em muitas ocasiões, não conseguem arcar com um plano de saúde capaz de oferecer uma assistência médica de alta qualidade.

"Na grande maioria das vezes, essas pandemias causam mais danos às pessoas mais pobres do que às mais ricas", concluiu.