Coronavírus » Pandemia

Homem que escalou janela para ver mãe com Covid-19 desabafa: "Nunca imaginei viver essa situação"

"Se eu tivesse a possibilidade, daria minha vida, minha alma para que ela ficasse viva por mais um tempo”, disse Jihad Al-Suwaiti que emocionou o mundo com sua história

Fabio Previdelli Publicado em 23/07/2020, às 12h22

Rapaz de 30 anos escalava diariamente hospital para ficar com mãe
Rapaz de 30 anos escalava diariamente hospital para ficar com mãe - Divulgação/ Twitter

Nesta semana, a história de Jihad Al-Suwaiti ganhou as páginas dos jornais de todo o mundo, emocionando milhares de pessoas. Tudo porque, o rapaz de 30 anos escalou as paredes de um hospital na Cisjordânia para visitar sua mãe que estava internada após ser infectada pelo coronavírus.

Infelizmente, após cinco dias internadas, a mulher acabou falecendo. "Nunca imaginei viver essa situação, perder minha mãe assim. Não desejo isso para ninguém. Senti que o mundo se fechou à minha frente”, relatou em entrevista à Palestine TV.

A idosa estava internada no segundo andar do edifício, e seu filho diariamente escalava a construção por um cano e ficava a maior parte do dia sentado na janela. Jihad somente saía do batente quando a sua mãe dormia. "O único lugar para acompanhar era aquela janela. Como cheguei lá? Sinceramente, não sei”.

"Se eu tivesse a possibilidade, daria minha vida, minha alma para que ela ficasse viva por mais um tempo. Cuidem dos velhos para não sentir a amargura que senti”, declarou o rapaz.

 Rasmi Suwaiti, de 73 anos, foi contaminada pelo coronavírus durante tratamento contra um câncer. Em entrevista ontem, 22, à CNN Brasil, o irmão de rapaz, Youssef, disse que a mãe faleceu enquanto Jihad a olhava pela janela.