Coronavírus » Pandemia

Idosa de 103 anos vence o coronavírus e celebra a recuperação tomando cerveja

Jennie Stejna foi a primeira em sua casa de repouso a testar positivo para o doença e, apesar do pessimismo dos familiares, ela se recuperou e aguarda ansiosa pelo retorno de seu hobbie predileto

Fabio Previdelli Publicado em 28/05/2020, às 12h54

Jennie Stejna bebendo cerveja
Jennie Stejna bebendo cerveja - Divulgação

Há três semanas, Jennie Stejna, uma idosa de origem polonesa de 103 anos, foi a primeira em sua casa de repouso, em Easton, Massachussets, a testar positivo para o novo coronavírus. Com febre baixa, ela foi encaminhada para uma ala separa de um hospital local.

Agora, no entanto, segundo informou o TMZ, Stejna está recuperada e celebrou a conquista de uma maneira inusitada: tomando cerveja. De início, familiares pensaram que a idosa não sobreviveria ao vírus e já estavam se preparando para o pior. Shelley Gunn, sua neta, inclusive, chegou a agradecê-la por tudo o que tinha feito.

Mas com a recuperação, veio a celebração: “Essa velha avó polonesa derrotou oficialmente o coronavírus”, disse Adam Gunn, marido de Shelley. “Estamos realmente muito agradecidos”, concluiu.

Após a bebedeira, a velhinha que é fã do time de beisebol do Red Sox, diz que deseja ver em breve a equipe em campo, assim, é claro, que a epidemia passar.

Coronavírus nos Estados Unidos

Principal epicentro do novo coronavírus no mundo, os Estados Unidos atingiram ontem, 27, mais de 100 mil mortes pela Covid-19. Segundo dados da Universidade Johns Hopkin, o país também bateu a marca de mais de 1.6 milhão de casos confirmados da doença.