Coronavírus » Pandemia

Menina de 12 anos se torna a mais jovem vítima de coronavírus na Bélgica

"É um momento emocionalmente difícil", disse um porta-voz do governo. Poucos detalhes foram dados sobre o caso até o momento

Caio Tortamano Publicado em 31/03/2020, às 15h00

Teste de coronavírus
Teste de coronavírus - Divulgação

Uma menina de 12 anos se tornou a vítima mais nova a se ter notícia na Bélgica — que teve um total de 705 casos fatais —, informou a EuroNews. A notícia foi dada pelo serviço de saúde belga que, diariamente, concede uma coletiva de imprensa tratando dos avanços do coronavírus no país.

Um estudo americano recente não tinha, até então, encontrado vítimas da doença com idade inferior a 19 anos em um grupo controlado de 2.500 pacientes. Porém, desde a última semana, uma menina de 16 anos faleceu em um hospital em Paris — aparentemente sem problemas de saúde prévios. Agora, a menina belga é outra jovem vítima.

A garota teve uma febre alta três dias antes de sua morte e testou positivo para o novo coronavírus. Mais nenhuma outra especificidade foi detalhada sobre o caso, inclusive se ela já tinha uma condição médica debilitante antes de ser infectada.

O porta-voz do governo do país europeu, Dr Emmanuel Andre, afirmou que o caso é “uma ocorrência muito rara” e que “abalou o governo”. Ele completou: “é um momento emocionalmente difícil, porque envolve uma criança, o que entristeceu a comunidade científica e médica”.

A Bélgica está na 11ª posição entre os países mais afetados pela doença, com 12 mil casos no total. Hospitais de três regiões diferentes não tem estrutura suficiente para comportar o número de pacientes atendidos até o momento.