Coronavírus » Pandemia

Mercados de frutos do mar são fechados em cidade chinesa após novos casos de Covid-19

As autoridades de Dalian, no nordeste da China, decidiram também suspender alguns serviços de metrô

Vanessa Centamori Publicado em 24/07/2020, às 12h26

Imagem ilustrativa de teste de peixe
Imagem ilustrativa de teste de peixe - Pixabay

Após o surgimento de três novos casos de Covid-19 na cidade chinesa de Dalian, as autoridades locais decidiram fechar todos os mercados de frutos do mar e interromper alguns serviços de metrô. 

As informações são do jornal Global Times, divulgadas pelo UOL. Segundo os noticiários, as pessoas contaminadas têm relações ou estiveram no metrô e nos mercados de frutos do mar. O primeiro indivíduo infectado, por exemplo, trabalhava em uma fábrica de processamento de pescados.

Ele tem 58 anos e começou a sentir os sintomas no último dia 16. Acontece que a fábrica onde o homem trabalhava estava a apenas três quilômetros de distância do mercado de Liaoyu, fechado como medida de prevenção. O cidadão também costumava frequentar a estação da Baía de Dalian na linha 3 do metrô local, embarcando sempre a trabalho.

Além desse caso, a agência oficial Xinhua divulgou outras duas contaminações sintomáticas e mais 12 pacientes assintomáticos, porém esses últimos doze não entram para o balanço chinês, ainda que uma investigação para identificar os contatos entre os infectados esteja em curso.

Vale lembrar que estouraram nos noticiários informações ligando o mercado de frutos do mar de Wuhan ao início da pandemia do novo coronavírus. Ao longo dos últimos meses, a China totalizou 86.177 casos da doença, segundo a Universidade Johns Hopkins. Além disso, a Comissão Nacional de Saúde da China anunciou hoje 12 novos casos, sendo nove contágios locais.