Coronavírus » Estados Unidos

Meta otimista: Biden diz que todos os adultos do país devem estar vacinados até o fim de maio

Expectativa antecipa em dois meses a previsão inicia

Fabio Previdelli Publicado em 03/03/2021, às 10h36

Joe Biden, presidente dos EUA
Joe Biden, presidente dos EUA - Getty Images

Em entrevista coletiva na Casa Branca, concedida na noite de ontem, 2, o presidente americano Joe Biden declarou que os Estados Unidos se preparam para vacinar toda sua população adulta até o final de maio. 

"Estamos no caminho certo para ter vacinas suficientes até o final de maio", declarou o democrata. O prazo antecipa em dois meses a primeira previsão dada por ele. Em fevereiro, Biden disse que a meta da vacinação de adultos seria alcançada até o final de julho.  

Apesar do cenário mais otimista, o presidente americano reforçou que é fundamental que as vacinas sejam aplicadas com a mesma rapidez que são produzidas, afinal, segundo suas palavras, apenas a oferta por imunizantes não garante sua aplicação.  

"Ter as vacinas disponíveis não é suficiente", disse. "Precisamos de pessoas para aplicar as injeções em milhões de braços americanos." 

Entre os grupos prioritários, o norte-americano pediu para que os professores e educadores fossem priorizados pelos Estados, o que garantiria que as crianças voltassem a estudar o mais rápido possível com segurança, é claro.  

Com isso, acredita-se que até o final deste mês, todos os educadores tenham recebido ao menos uma das doses da vacina. "Meu desafio é esse: queremos que todo educador, funcionário de escola ou cuidador de crianças receba pelo menos uma dose da vacina até o final de março".