Coronavírus » Pandemia

Na Nova Zelândia, primeiras contaminações por coronavírus em mais de 100 dias vieram da mesma residência

Apesar disso, as autoridades não perderam tempo para reativar medidas de isolamento a fim de restringir a ação do vírus

Caio Tortamano Publicado em 12/08/2020, às 09h00

Imagem ilustrativa de um teste positivo para coronavírus
Imagem ilustrativa de um teste positivo para coronavírus - Divulgação/Pixabay

Exemplo mundial no quesito controle da pandemia, a Nova Zelândia relata primeira transmissão local de coronavírus em mais de 100 dias. A primeira-ministro do país, Jacinda Adern, afirmou que quatro novos contágios de coronavírus entre pessoas que não viajaram recentemente nem tiveram contato com infectados foram identificados.

As contaminações se deram todas dentro da mesma residência. Eles apenas descobriram a infecção depois que um dos moradores — que tem mais de 50 anos — foi ao médico com sintomas da doença e testou positivo para Covid-19. De acordo com a CNN, a Nova Zelândia irá retomar medidas restritivas adotadas anteriormente em algumas regiões do país.

O diretor geral de saúde da Nova Zelândia, Doutor Ashley Bloomfield, confessou que “estávamos nos preparando para esse momento, e esse momento chegou agora”. A medida faz com que restaurantes, bares e serviços não essenciais fechassem, além de controlar a saída das pessoas de suas casas, podendo sair somente para atividades essenciais.

Em toda cidade de Auckland, as escolas serão fechadas pelo período de três dias, enquanto o resto do país passará por restrições mais brandas. O distanciamento social permanece como medida obrigatória para estabelecimentos como hotéis, enquanto museus, bibliotecas e piscinas poderão ser abertas se cumprirem com as normas de higiene necessárias.