Coronavírus » Pandemia

Ômicron pode contribuir para que pandemia acabe mais rápido na Europa

A afirmação partiu de Hans Kluge, diretor regional da Organização Mundial da Saúde (OMS)

Penélope Coelho Publicado em 24/01/2022, às 11h44

Imagem ilustrativa de fila de vacinação na Inglaterra
Imagem ilustrativa de fila de vacinação na Inglaterra - Getty Images

Em entrevista, o diretor regional da Europa da Organização Mundial da Saúde (OMS), Hans Kluge, se mostrou otimista sobre um possível fim da pandemia de Covid-19 no continente europeu.

Segundo Hans, a nova variante do vírus, Ômicron, pode contribuir para o fim da pandemia. As informações foram publicadas no último domingo, 23, pelo jornal O Globo.

“É plausível que a região esteja se aproximando do fim da pandemia [...] Assim que a onda da Ômicron se acalmar haverá imunidade por algumas semanas e meses, seja graças à vacina ou porque as pessoas terão sido imunizadas pela infecção, e também uma queda devido à sazonalidade”, afirmou.

Apesar disso, o diretor da OMS pontuou que é preciso continuar tomando todos os cuidados, já que o novo coronavírus “surpreendeu mais de uma vez”.

De acordo com informações publicadas na reportagem, especialistas da área da saúde estimam que pelo menos 60% da população europeia poderá ser infectada antes do mês de março.