Coronavírus » Europa

Pandemia: Com terceira onda e atrasos na imunização, países da UE aumentam restrições

Alemanha, França e Itália se preocupam com possível 'Terceira Onda' de infecções

Giovanna Gomes, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 15/03/2021, às 08h38

Ilustração do coronavírus
Ilustração do coronavírus - Wikimedia Commons

Com o aumento de casos de Covid-19 e uma possível terceira onda da doença, países da União Europeia deverão impor novas restrições para tentar conter a pandemia. Além disso, de acordo com o UOL, os atrasos na vacinação e as disputas pelos imunizante têm gerado uma enorme preocupação no bloco.

Conforme informou o Financial Times, os representantes de seis países escreveram uma carta aos presidentes do Conselho Europeu e da Comissão Europeia na qual tratam das dificuldades enfrentaças na distribuição de vacinas na UE, ressaltando a existência de "enormes disparidades." Assinam o documento as lideranças da Áustria, Eslovênia, Letônia, Bulgária, Croácia e República Checa.

A situação na Europa tem se complicado nos últimos tempos, muito em razão da disseminação de novas variantes do coronavírus. A Alemanha, por exemplo, já reconheceu que o país está nas "garras de uma terceira onda da covid-19”. A Itália também registrou um grande aumento de casos, sendo 380 óbitos apenas no sábado, o que levou as autoridades a promoverem um novo lockdown na maior parte do país.

Na França, o presidente Emmanuel Macron determinou toques de recolher em diversas regiões. O próprio ministro da Saúde,Olivier Véran, considerou que a capital francesa vive um momento tenso e preocupante", já que, em suas palavras, "a cada 12 minutos, noite e dia, um parisiense é internado em uma cama de terapia intensiva."