Coronavírus » Pandemia

Pandemia do novo coronavírus causou 1 milhão de mortes no mundo

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, os países que contabilizam o maior número de óbitos são o Brasil e os Estados Unidos

Penélope Coelho Publicado em 29/09/2020, às 10h13

Imagem ilustrativa de um teste positivo para coronavírus
Imagem ilustrativa de um teste positivo para coronavírus - Pixabay

Na noite da última segunda-feira, 28, a Universidade Johns Hopkins — instituição norte-americana que contabiliza os casos do novo coronavírus — revelou a triste notícia de que o mundo ultrapassou a marca de 1 milhão de mortes em decorrência da Covid-19. As informações são do portal de notícias G1.

De acordo com a publicação, outro fator que impressiona é a rapidez com que esses óbitos vêm acontecendo. Segundo a Universidade o mundo levou seis meses para registrar as primeiras 500 mil mortes, enquanto atualmente, em apenas três meses foram registradas as outras 500 mil, além disso, os últimos 100 mil falecimentos em decorrência do vírus aconteceram em apenas 12 dias.

De acordo com as informações atualizadas, os países que registram o maior número de mortes causadas pelo novo vírus são os Estados Unidos, com 204.795 mil mortes; o Brasil que registra 142.161 mil óbitos e a Índia, com 96.318 mil vítimas fatais.

Segundo os dados atualizados na noite de ontem pela Universidade Johns Hopkins, as mortes causadas pelo novo coronavírus no Brasil e nos EUA, se somadas representam cerca de 34% do total de óbitos em decorrência da Covid-19 no mundo.