Coronavírus » Pandemia

Para evitar novas variantes do coronavírus, Bolívia fecha fronteiras com o Brasil

A medida foi anunciada pelo presidente boliviano e deve durar sete dias

Redação Publicado em 01/04/2021, às 14h24

Imagem ilustrativa das bandeiras da Bolívia e Brasil
Imagem ilustrativa das bandeiras da Bolívia e Brasil - Divulgação/Pixabay

De acordo com informações publicadas nesta quinta-feira, 1, pelo portal de notícias UOL, o presidente da Bolívia, Luis Arce, anunciou em sua rede social o fechamento das fronteiras bolivianas com o Brasil.

“Como parte das medidas de proteção à população, instruímos o fechamento temporário das fronteiras com o Brasil”, escreveu o presidente em seu Twitter.

Segundo revelado na reportagem, a medida deve durar sete dias. A decisão das autoridades bolivianas foi tomada como uma tentativa de evitar que as variantes do coronavírus, como a P.1, se espalhem ainda mais. 

Sabe-se que a Bolívia faz fronteira terrestre com quatro estados do Brasil: Acre, Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A determinação entrará em vigor a partir de amanhã, como revelou o ministro da Saúde da Bolívia, Jeyson Auza.

Sobre a Covid-19

De acordo com as últimas informações divulgadas pelos órgãos de saúde, atualmente, o Brasil registra 12.753.258 pessoas infectadas, e as mortes em decorrência da doença já chegam em 321.886 no país. Já a Bolívia registra 272 mil casos positivos para o vírus, com 12.257 vítimas fatais da doença. 

Em 1º de dezembro de 2019, o primeiro paciente apresentava sintomas do novo coronavírus em Wuhan, epicentro da doença na China, apontou um estudo publicado na revista científica The Lancet em fevereiro deste ano.  

De lá pra cá, a doença já infectou 129 milhões de pessoas ao redor do mundo, totalizando mais de 2,82 milhões de mortes.