Coronavírus » Pandemia

Policial usa capacete de coronavírus para conscientizar pessoas na Índia

"Se você sair, eu entro", diz o inspetor Rajesh Babu — que adotou o adereço

Fabio Previdelli Publicado em 30/03/2020, às 10h23

Policial usando capacete de coronavírus na Índia
Policial usando capacete de coronavírus na Índia - Divulgação

Nos últimos dias, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, decretou que o país estaria preparado para um período de três semanas em quarentena, o que colocaria mais de 1.3 bilhão de pessoas em suas casas.

Enquanto os indianos estão reclusos, um policial encontrou uma maneira criativa de reforçar o aviso para os motoristas e pedestres que passam pelos postos de controle: usando um capacete de coronavírus.

O adereço foi adotado por Rajesh Babu, inspetor de polícia da cidade de Chennai. O capacete está coberto de pontas vermelhas com lâmpadas no final, assim como a imagem microscópica do coronavírus, que causa o Covid-19.

A invenção foi idealizada pelo artista local B. Gowtham, que teve a ideia depois de perceber uma falta de conscientização pública sobre as medidas preventivas contra a pandemia. "As pessoas não são higiênicas o suficiente", disse. "Temos ordens do governo para não sair — mas ainda assim, estamos vendo pessoas andando aqui e ali sem equipamentos de segurança adequados, sem máscaras, etc."

Gowtham pensou que as pessoas não estavam levando a doença a sério porque parecia invisível. Então, ele decidiu criar algo pelo qual eles pudessem ver o vírus vindo em sua direção. “As pessoas ficarão assustadas".

Assim, ele foi à delegacia mais próxima. "Eles estão trabalhando continuamente, então eu queria reduzir a carga de trabalho e conscientizar as pessoas", disse. Depois de obter o apoio das autoridades, ele começou a trabalhar.

Porém, como todas as lojas estão fechadas, ele teve de improvisar e usou jornais e papel machê para criar o capacete e depois o entregou ao inspetor de polícia — que adorou a ideia. Usando o capacete, Babu para as pessoas em carros ou motocicletas, principalmente quando as vê sem máscara.

Ele fala sobre a necessidade de distanciamento social e equipamentos pessoais de proteção, e pede que eles não saiam por motivos não essenciais. "Se você sair, eu entro", ele diz.

O último levantamento sobre a pandemia de coronavírus no país, feito pela Universidade Johns Hopkins, aponta que a Índia já registrou 1.024 casos e 27 mortes.