Coronavírus » Pandemia

Presidente das Filipinas aconselha que a população do país lave suas máscaras com gasolina

A peça é considerada essencial na batalha contra o vírus e a instrução do político vai contra as recomendações das instituições de saúde

Penélope Coelho Publicado em 31/07/2020, às 15h44

Rodrigo Duterte
Rodrigo Duterte - Wikimedia Commons

Rodrigo Duterte, presidente das Filipinas sugeriu em discurso que os cidadãos locais utilizem gasolina na higienização de suas máscaras de proteção contra o coronavírus. As informações são do portal de notícias UOL.

De acordo com a publicação, o governante deixou claro que sua fala não se tratava de uma piada: "Basta ir ao posto de gasolina e depois pegar algumas gotas, isso é desinfetante. Não estou brincando. Isso é verdade", disse Duterte.

Contudo, a recomendação do político não agradou a comunidade médica: "Você não pode usar gasolina como desinfetante. A inalação pode causar danos e levar a mais problemas como doenças respiratórias", afirmou o presidente da Associação Médica das Filipinas, Jose Santiago, em entrevista para a agência de notícias Reuters.

O uso de máscara é obrigatório no país desde o começo de março e a recomendação das instituições de saúde para a higienização das peças é a de usar água e sabão, após o uso do item.

Coronavírus nas Filipinas

De acordo com as últimas informações divulgadas pela Universidade de Johns Hopkins, o país possui 85.486 mil casos confirmados da doença, 26.996 mil recuperados e 1.962 mil vítimas fatais.