Coronavírus » Líbano

Taxista libanês ateia fogo em carro após receber multa por violar medidas contra Coronavírus

Segundo a imprensa local, o homem tentou colocar fogo em si mesmo depois de queimar o veículo e foi hospitalizado

Pamela Malva Publicado em 25/03/2020, às 08h00

Imagem meramente ilustrativa de táxi
Imagem meramente ilustrativa de táxi - Divulgação/Pixabay

Em meio à crise pandêmica do Coronavírus, diversos governos estão tomando providências para impedir que as pessoas saiam de casa. Na cidade de Beirute, no Líbano, por exemplo, as pessoas recebem multas caso não respeitem a quarentena.

Esse foi o motivo de irritação de Salim Khadduj, um taxista libanês que recebeu a penalidade por violar as medidas de bloqueio de Coronavírus. Segundo a imprensa local, o homem, indignado, ateou fogo em seu próprio carro.

Imagens do carro de Salim pegando fogo / Crédito: Divulgação/Instagram/@al_assmar

 

Após queimar o veículo, Salim ainda tentou colocar fogo em si mesmo, mas foi impedido pelo exército do Líbano. Ainda assim, ele foi hospitalizado com queimaduras. Seu caso rapidamente viralizou, já que o vídeo do carro queimando foi postado nas redes sociais.

Atualmente, já foram registrados mais de 400 mil casos de Covid-19 no mundo todo. Entre eles, mais de 107 mil pessoas se recuperaram, enquanto 18.274 foram vítimas do vírus. No Brasil, quase 2 mil casos já foram documentados — sendo 34 mortes no total.