Coronavírus » Pandemia

Tradição milenar inglesa é quebrada devido ao Coronavírus

Datada do reinado de Elizabeth I, a cerimônia de juramento do Alto Xerife aconteceu de forma inusitada

Pamela Malva Publicado em 06/04/2020, às 09h20

Imagem meramente ilustrativa de juramento
Imagem meramente ilustrativa de juramento - Wikimedia Commons

Devido ao surto pandêmico do Coronavírus, diversas atividades presenciais estão sendo feitas on-line. Foi o que aconteceu com o juramento do Alto Xerife, no condado de North Yorkshire, na Inglaterra.

A fim de respeitar a quarentena, a tradição de mais de 1000 anos foi quebrada e a cerimônia foi transmitida ao vivo, da casa do novo xerife. Tradicionalmente, o ritual solene acontece na Corte de Assize, na cidade de York.

Segundo disse Sean Morris, o juiz que presidiu a cerimônia, ao Northern Echo, o acontecimento é exclusivo dos tempos de Coronavírus. Isso porque o juramento já ocorreu presencialmente durante guerras e crises políticas.

Sr. Kerfoot, o novo Alto Xerife de North Yorkshire / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Ainda de acordo com o juiz, a situação específica não impediu que todas as solenidades acontecem normalmente. Dessa forma, o novo xerife foi “escolhido pelo monarca em um ritual antigo, no qual uma adaga perfura um rolo de nomes”. Tal ritual recebe o nome de Picada e remonta ao reinado de Elizabeth I.

O nomeado foi o Sr. Kerfoot, um comerciante local que presta diversos serviços comunitários. Agora, após receber o distintivo das mãos da esposa, ele tem o papel de cuidar dos impostos da cidade e supervisionar a milícia no território.

Atualmente, já foram registrados mais de 1,2 milhões de casos de Coronavírus no mundo. Destes, mais de 271 mil pessoas se recuperaram, enquanto 70 mil foram vítimas da doença. No Brasil, são mais de 11 mil casos, sendo que 127 pessoas foram curadas e 489 morreram de Covid-19.