Coronavírus » Pandemia

Twitter está removendo tweets e perfis que promovem tratamentos falsos de coronavírus

Plataforma não permitirá conteúdo de cunho “abusivo e manipulador” em meio a pandemia do Covid-19

Fabio Previdelli Publicado em 19/03/2020, às 13h30 - Atualizado às 14h00

Imagem ilustrativa do Twitter
Imagem ilustrativa do Twitter - Pixabay

O Twitter está removendo de sua plataforma links e matérias que promovem teorias da conspiração ou conselhos falsos e tratamentos perigosos relacionados ao combate do coronavírus.

Tweets que neguem fatos científicos estabelecidos e orientações especializadas sobre o vírus serão reportados como prejudiciais e removidos, informou a plataforma em seu blog próprio sobre updates na ferramenta.

A empresa também excluirá automaticamente tweets que tentam promover terceiros, manipular as pessoas para um determinado comportamento ou incitar o pânico coletivo. Perfis falsos que fazem paródias de autoridades respeitadas — e que sugiram tratamentos potencialmente perigosos ou que o período de quarentena terminou — também serão deletados.

O site, que tem milhões de usuários ativos, disse que está aumentando o uso do aprendizado de máquina para tomar ações necessárias contra as postagens consideradas “abusivas e manipuladoras”.

Vae ressaltar que essa não foi a primeira medida da plataforma em relação a epidemia de coronavírus. No começo dessa semana, o Twitter revelou um novo “emoji de lavar as mãos” para lembrar o público de manter as boas práticas de higiene durante toda a crise. O emoji pode ser gerado em seus tweets usando qualquer uma das seguintes hashtags: #HandWashing, #HandWashChallenge, #SafeHands ou #WashYourHands.

"Estamos ajudando milhões de pessoas a permanecerem conectadas e, ao mesmo tempo, combatendo fraudes e desinformação sobre o vírus, elevando conteúdo autorizado em nossas plataformas e compartilhando atualizações críticas em coordenação com agências governamentais de saúde em todo o mundo", finalizou o comunicado.