Coronavírus » Pandemia

Vacina contra Covid-19: Cuba iniciará teste em humanos na próxima semana

Chamado de Soberana 01, teste será aplicado em mais de 670 pessoas — expectativa é que resultados sejam divulgados em fevereiro de 2021

Fabio Previdelli Publicado em 19/08/2020, às 12h21

Imagem ilustrativa de seringas
Imagem ilustrativa de seringas - Pixabay

Na próxima semana, Cuba anunciou que iniciará ensaio clínicos em humanos da vacina, chamada de Soberana 01, contra a Covid-19 que está sendo desenvolvida no país. A informação foi dada ontem, 18, pelas autoridades sanitárias do país. É estimado que os resultados da pesquisa sejam divulgados em fevereiro de 2021.

Assim, 676 pessoas, entre 19 e 80 anos, receberão a vacina. A medida foi autorizada pelo Registro Público de Ensaios Clínicos de Cuba e o Centro de Controle Estatal de Medicamentos, Equipamentos e Dispositivos Médicos.

O recrutamento de voluntários começará na próxima segunda-feira, dia 24 de agosto, e terminará apenas no final de outubro. De acordo com as autoridades locais, os selecionados não poderão ter "alterações clinicamente significativas". Além do mais, eles terão que assinar um documento dando seu consentimento para receber a dose.

A previsão para a conclusão do estudo é de 11 de janeiro. Já os resultados estarão prontos em 1º de fevereiro, sendo publicados 14 dias depois. "Embora haja vacinas de outros países, precisamos das nossas para ter soberania", disse o presidente Miguel Díaz-Canel em entrevista recente, em 19 de maio.