Desventuras » União Soviética

Como foram os momentos finais de Laika, a cadela espacial soviética?

Antes de embarcar sem volta na nave Sputnik 2, o animal teve um dia normal e feliz

Redação Publicado em 25/03/2022, às 17h05 - Atualizado às 17h05

Laika, a cadela espacial soviética
Laika, a cadela espacial soviética - Domínio Público

No histórico dia 3 de novembro de 1957, a vira-lata Laika foi enviada ao espaço em uma missão sem volta. A bordo da nave Sputnik 2, o animal se tornou o primeiro ser vivo a orbitar a Terra.

Durante a Guerra Fria houve a corrida espacial, em que a União Soviética e os Estados Unidos se confrontaram nos campos científicos, espaciais, tecnológicos e ideológicos. Portanto, Laika que vivia nas ruas de Moscou, foi treinada para ir ao espaço. 

No entanto, um dia antes do seu trágico destino, a cadelinha aproveitou seus últimos momentos de vida na companhia de crianças. Na época, o cientista médico do programa espacial soviético, Vladimir Yazdovsky, a levou para casa para brincar com seus filhos e ter um dia normal antes da missão sem volta. 

Para conhecer o restante da história, ouça o podcast 'Desventuras na História', apresentado pelo professor de História Vítor Soares, idealizador do podcast 'História em Meia Hora'.

Confira a programação completa aqui!

Ouça o episódio: 


+++Acompanhe Vítor Soares no Instagram: