Desventuras » Personagem

A vida e morte de Akhenaton, o faraó visto como representante do Deus Sol

O governante do Egito Antigo alterou o próprio nome e era considerado representante da divindade na Terra

Redação Publicado em 24/12/2021, às 09h00

Akhenaton, faraó do Egito Antigo
Akhenaton, faraó do Egito Antigo - Domínio Público, via Wikimedia Commons

Nascido no Egito Antigo, Akhenatongovernou a região em torno de 17 anos. O faraó era um grande seguidor do Deus Sol, sendo até mesmo considerado no passado um representante da divindade na Terra no passado.

Sua adoração a um único deus era tão grande que chegou a deixar de lado o tradicional politeísmo egípcio para dar espaço ao culto a Aton, o Deus Sol. 

Sua história é muito lembrada também por causa do legado do seu filho, o conhecido Tutancâmon. Sua trajetória ainda hoje é muito estudada por pesquisadores, que buscam compreender a vida e morte do homem que idolatrou somente um deus. 

No episódio de hoje do podcast ‘Desventuras na História’, o professor de História Vítor Soares, dono do podcast 'História em Meia Hora', apresenta de forma descontraída a saga completa de Akhenaton, o faraó do Egito Antigo visto como representante de Aton.

No 'Desventuras na História', você também pode conferir a jornada de outros nomes histórios, como Gengis Khan, Dom Pedro I, Carlos Marighella e Cleópatra.

Abaixo, você confere o episódio "Akhenaton, o faraó visto como representante do Deus Sol":


+++Acompanhe Vítor Soares no Instagram:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Prof. Vítor Soares (@profvitorsoares)