Testeira

Nicolelis, o brasileiro considerado um dos maiores cientistas do mundo

Miguel Nicolelis foi um dos 100 brasileiros mais influentes do ano em 2009

Fabiano de Abreu* Publicado em 14/02/2022, às 14h43

Miguel Nicolelis
Miguel Nicolelis - Miguel Nicolelis, Campus Party, via Wikimedia Commons

Nascido em São Paulo no dia 7 de março de 1961, Miguel Nicolelis, é um médico e cientista que já foi considerado um dos vinte maiores cientistas em sua área e um dos 100 brasileiros mais influentes do ano em 2009.

É um profissional extremamente premiado e foi também o primeiro brasileiro a ter artigo publicado na capa da revista Science.

Nicolelis é neurologista e professor de Neurobiologia, Engenharia Biomédica e Neurociências na Universidade de Duke, na Carolina do Norte, nos Estados Unidos.

No Brasil, é líder projeto do Instituto Internacional de Neurociências de Natal (IINN), onde desenvolve pesquisas como a que visa caracterizar a transmissão de informações entre dois animais localizados em locais distintos.

O brasileiro é responsável por diversos feitos que colocaram a ciência brasileira em evidência internacional, como demonstrar o exoesqueleto de um paciente paraplégico controlado pelo cérebro na abertura da Copa do Mundo de 2014.

É importante ressaltar que, momentos assim, deixam uma marca que não se apaga na história da ciência mundial, é bom ter um brasileiro protagonizando isso.

Miguel Nicolelis defende que o cérebro humano não será nunca imitado por uma máquina, indo de encontro a frequentes comparações entre os computadores de última geração e o órgão mais importante do sistema nervoso central.

A principal diferença entre um computador e um ser vivo é que os computadores não conseguem transformar a energia dissipada em matéria orgânica, como nós o fazemos.

Para Nicolelis, a ideia de que o cérebro humano pode ser reduzido a um algoritmo computacional é um mito pós-moderno. Como tantas outras informações falsas que, ao serem repetidas, acabam habitando o imaginário das pessoas.

Com ideias inovadoras e ousadas, Nicolelis é um cientista que fará a ciência brasileira ser lembrada por muito tempo.


Prof. Dr. Fabiano de Abreu Agrela Rodrigues é PhD em Neurociências, Mestre em Psicanálise, Doutor e Mestre em Ciências da Saúde nas áreas de Psicologia e Neurociências com formações também em neuropsicologia, licenciatura em biologia e em história, tecnólogo em antropologia, pós graduado em Programação Neurolinguística, Neuroplasticidade, Inteligência Artificial, Neurociência aplicada à Aprendizagem, Psicologia Existencial Humanista e Fenomenológica, MBA, autorrealização, propósito e sentido, Filosofia, Jornalismo, Programação em Python e formação profissional em Nutrição Clínica. Atualmente, é diretor do Centro de Pesquisas e Análises Heráclito; Chefe do Departamento de Ciências e Tecnologia da Logos University International, diretor da MF Press Global, membro da Sociedade Brasileira de Neurociências e da Society for Neuroscience, maior sociedade de neurociências do mundo, nos Estados Unidos. Membro da Mensa International, Intertel e Triple Nine Society (TNS), associações e sociedade de pessoas de alto QI, esta última TNS, a mais restrita do mundo; especialista em estudos sobre comportamento humano e inteligência com mais de 100 estudos publicados.